Material saía das celas em recipientes dealumíno (Foto: Divulgação/SSP-MA)
Policiais civis de Grajaú (MA), a 580 km de distância de São Luís, evitaram uma fuga de ao menos 10 presos na delegacia da cidade na manhã deste sábado (7). Os carcereiros identificaram grande quantidade de areia e pedra sendo misturada ao lixo que saía das celas, envoltos em recipientes de alumínio onde são servidas as refeições aos presos.
Na delegacia, atualmente estão 46 presos.

Após revista nas celas, foram encontrados dois buracos de aproximadamente 60 cm de diâmetro. A fuga seria realizada da cela para o corredor da delegacia, até a área do banho de sol.

A suspeita da polícia é que a fuga aconteceria na madrugada.
Os presos, agora, estão à disposição da Justiça.

A expectativa é que os presos da delegacia sejam transferidos para uma nova unidade, em processo de contratação pela Secretaria de Estado e de Administração Penitenciária (Seap), passando a custódia para agentes penitenciários. Fuga foi abortada por policiais civis de Grajaú (MA) (Foto: Divulgação/SSP-MA)
.