Cadela encontrada às margens da BR-277 com sinais de atropelamento passará por cirurgia ainda na tarde desta segunda (18) (Foto: PRF/ Divulgação)
Dois policiais rodoviários federais resgataram na manhã desta segunda-feira (18) uma cadela ferida encontrada às margens da BR-277, entre São Miguel do Iguaçu e Medianeira, no oeste do Paraná. Com fraturas no fêmur e na bacia, a cachorra foi levada a uma clínica veterinária de Foz do Iguaçu, onde está internada. E, para ajudar no tratamento, os agentes lançaram uma campanha de doação.

“Acreditamos que ela não seja de rua porque está bem cuidada, limpinha e gordinha. Ela deve morar ali por perto”, comentou o policial Felipe Leite, que estava acompanhado do agente Maxwell Moraes quando a encontraram.

“Assim que a resgatamos, entramos em contato com a Associação Iguaçuense de Protetores de Animais (Aipa), que nos orientou a procurar a clínica veterinária”, completou o companheiro de patrulhamento ao lembrar que casos como este, envolvendo animais domésticos, não são muito comuns.
De acordo com eles, o resgate foi feito depois de uma abordagem a um veículo na rodovia.

“O motorista comentou que tinha visto um cachorro na beira da estrada e que provavelmente estava ferido. Deu a indicação do local e encontramos a cadela com sinais de atropelamento.

Animal doméstico é a primeira vez que resgato”, contou Moraes. “Espero que ela fique bem e que o dono dela possa ser encontrado.


A cachorra deverá passar por uma cirurgia nesta tarde e ainda não é possível dizer quanto o tratamento custará. “Só um pino que deverá ser colocado na perna dela deve custar R$ 1,2 mil”, observou Leite.

Interessados em ajudar podem obter mais informações diretamente com o policial pelo telefone (45) 9958-0909.
.