Um homem identificado como Francisco das Chagas Nunes de Sousa, de 59 anos, foi morto a golpes de faca no município de Caxias, a 360 km de São Luís. Segundo testemunhas, o crime teria sido motivado por uma discussão em um bar da cidade.
Um outro cliente teria se aproximado de Francisco, que estava bebendo no bar, e pediu a ele que pagasse mais uma cerveja.

A vítima se recusou e saiu do bar. O suspeito, então, o teria seguido e apunhalado Francisco das Chagas.

O homem foi perfurado no abdômen. A família confirmou que ele foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Andreia Silva, filha de Francisco das Chagas, está revoltada com o crime. “Foi uma barbaridade que fizeram com meu pai.

Ele não merecia isso não. Ele era trabalhador, pai de família.

Por mais que tivesse alguma discussão, nada justifica um crime. É um ser humano”, desabafou, emocionada.

“A única coisa que eu quero é justiça. Promotores, delegados, juízes, ajam.

E façam alguma coisa porque isso não pode ficar impune. Ele era um pai de família”, disse Armando Silva, filho da vítima.

Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, o suspeito do crime, conhecido como Lucas, de 23 anos, se apresentou na delegacia acompanhado por um advogado. Também já foram ouvidas testemunhas.

O inquérito já está em fase de finalização. Tristeza e revolta marcam velório de homem morto a facadas em Caxias (Foto: Reprodução/TV Mirante)
.