As obras para a instalação da base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Patrocínio, no Alto Paranaíba, têm previsão de término até o fim de maio. A base está sendo instalada em uma antiga sede do Batalhão da Polícia Militar da cidade, que fica no Bairro São Cristóvão.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Wesley Faber Romão, a estrutura estará pronta cerca de um mês antes de os trabalhos serem iniciados na rede.

“A previsão para funcionamento do Samu é para junho. Patrocínio sempre foi parceira desde o início deste projeto e vamos auxiliar na regulação da região no Triângulo Norte”, disse.

Base está sendo construída em antiga sede do Batalhão da PM (Foto: Divulgação/Prefeitura de Patrocínio)
A base descentralizada de Patrocínio, integrada ao Corpo de Bombeiros, contará com dormitórios para os funcionários, sala de armazenagem de medicamentos e controle, almoxarifado, estacionamento, além de duas ambulâncias de suporte básico com dois auxiliares de enfermagem e um motorista socorrista, e uma ambulância de Suporte Avançado (UTI), com um médico, um enfermeiro e um motorista socorrista para atendimento 24h.
Entre as cidades da região diretamente beneficiadas estão Coromandel, Abadia dos Dourados, Douradoquara, Grupiara, Monte Carmelo, Iraí de Minas e Estrela do Sul.

Mas conforme regulação da rede, também poderá ser feito atendimento em outras cidades. Samu em Uberlândia e regiãoO Samu Triângulo do Norte contará com 22 bases descentralizadas nos 17 Municípios abrangentes e será gerenciado pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião Triângulo do Norte (Cistri), com sede em Uberlândia.

A Central de Regulação de Urgências funcionará na sede da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), no Bairro Jardim Patrícia, e as bases acomodarão os profissionais que atuarão nas 31 ambulâncias do Samu. As reformas para reestruturação da rede de regulação iniciaram no início do ano.

Processo seletivoO processo seletivo do Samu foi aberto em dezembro com a oferta de 505 vagas temporárias e salários variando entre R$ 1. 156 a R$ 9 mil.

O resultado do processo seletivo foi divulgado no início de abril e a previsão é de que os aprovados passem por Treinamento Introdutório no dia 27 de abril, com carga horária de 50 horas para, posteriormente, tomarem posse.
O serviço inicia até o fim do primeiro semestre de 2016.

“Agora, cidades de porte médio como Araguari, Ituiutaba e Patrocínio, por exemplo, poderão realizar atendimentos de urgência e emergência que antes ficavam concentrados em Uberlândia. A partir da regulação na região, vamos otimizar os atendimentos”, disse o prefeito de Uberlândia e presidente do Cistri, Gilmar Machado.

Os processos licitatórios para aquisição dos materiais de resgate, uniformes, móveis, maquinários e equipamentos já estão sendo realizados pelo consórcio.  
.