Presos transferidos para Manaus (Foto: Seap/Divulgação)
Após determinação da Justiça do Amazonas, 75 internos da Unidade Prisional de Manacapuru, interior do estado, estão sendo transferidos para Manaus por meio de ação coordenada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). As transferências seguem determinação da Justiça para desativação da unidade prisional no município.
Em novembro de 2015, a juíza da Comarca de Manacapuru, Vanessa Leite Mota, determinou o fechamento da unidade.

A decisão favorável atendeu a uma ação cautelar movida pela Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM) em conjunto com o Ministério Público do Estado (MPE-AM).
De acordo com a DPE-AM, o presídio do município tem superlotação e problemas de infraestrutura que comprometem a integridade dos detentos no local.

A situação foi constada em inspeções do órgão.
“Na época ficou acertado que o Judiciário encaminharia uma relação de presos que poderiam ser transferidos para Manaus.

A primeira transferência aconteceu em dezembro quando a unidade registrava uma população carcerária de 144 internos, sendo 45 transferidos para a capital e encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa (CPDRVP), no Centro”, informou a Seap. Neste ano outras três transferências menores foram realizadas para que a desativação da unidade fosse concluída.

O coordenador do sistema penitenciário, major Lima Júnior, está coordenando as transferências dessa quinta-feira. Entre os internos transferidos 72 são presos provisórios que serão encaminhados a Cadeia Pública, duas presas provisórias que estão sendo conduzidas ao Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), localizado no km 8 da BR-174, e um preso condenado que será encaminhado ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), também localizado na BR-174.

.