A juíza da Vara da Infância e Juventude de Juiz de Fora, Maria Cecília Stephan, instaurou processo administrativo para apurar eventuais falhas na morte do adolescente, de 14 anos, no Centro Socioeducativo Santa Lúcia, na cidade, no dia 16 de abril. Na ocasião, o garoto foi encontrado com sinais de estrangulamento, dentro de uma cela do local.
O processo vai mostrar se a direção de segurança da unidade falhou ao não ver o que aconteceu.

O caso está sendo investigado pelo delegado Armando Avólio Neto e apurado pela Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas. Os três suspeitos do crime foram transferidos para outras centros socioeducativos do estado.

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar (PM), a direção do Centro Socioeducativo ouviu barulhos de chutes contra portões de uma cela provisória e deslocou um agente para verificar o que houve. No local, foi encontrado o corpo do garoto.

Vítima já apareceu em reportagemO adolescente estava na unidade desde o dia 1º de abril e já foi apreendido outras três vezes, entre maio de 2015 e abril de 2016. Em 2011, ele apareceu em uma reportagem na TV Integração aprendendo a fumar um cigarro de maconha.

Na ocasião, ele tinha nove anos.
O vídeo foi feito por traficantes e divulgado pelo MGTV na época.

A família dele reconheceu o adolescente nas imagens durante depoimento à equipe de assistência Social do Centro Socioeducativo. Suspeitos confessaram assassinatoOs suspeitos confessaram ao delegado que assassinaram o adolescente, pois ele havia os ameaçado de morte.

O trio contou que a morte aconteceu por um golpe de “mata-leão”,  tampando a boca e o nariz e torcendo o pescoço. Durante a ação eles também tentaram perfurar os olhos do adolescente com os dedos.

O agente penitenciário percebeu que o adolescente estava caído com pulso muito fraco e o levou até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte. Ele chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Processo vai apurar falhas da direção do Centro socioeducativo Juiz de Fora (Foto: Reprodução/TV Integração)
.