Integrantes do MST interditaram a BR-316 em Picos (Foto: Josimar Santos)
Pelo menos três trechos de rodovias federais que cortam o Piauí foram bloqueados por manifestantes na manhã desta terça-feira (10). Os protestos estão sendo registrados nas BRs 316 e 343 nas cidades de Teresina, Amarante e Picos, as duas últimas cidades no Sul do estado. Os atos são organizados por movimentos sociais que são contra o impeachment.

Manifestantes queimaram pneus e pedaçosde madeiras (Foto: Josimar Santos)
A Polícia Rodoviária Federal enviou equipes para os locais. Os motoristas estão tento que enfrentar vários quilômetros de congestionamento, mas os agentes da PRF ainda têm a informação da extensão.

O número de manifestantes também não foi comunicado. Em Picos, o protesto foi organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Os manifestantes chegaram a atear fogo nas laterais da rodovia, o que deixou alguns caminhoneiros revoltados. Policiais rodoviários conseguiram fazer um desvio para que os motoristas conseguissem passar.

Na capital, o trecho interditado fica entre Teresina e Demerval Lobão e é organizado pela Frente Brasil Popular. Além da FBP, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), também mobilizou vários sindicatos a saírem em passeata pelas ruas de Teresina.

“Essa manifestação vai continuar aqui até que o processo de impeachment seja anulado. O governo da presidente Dilma, desde o seu primeiro mandato, não tem sido favorável aos trabalhadores, no entanto, o projeto de governo previsto por Temer será um retrocesso”, falou Paulo Bezerra, presidente da CUT.

.