Morador diz que televisão de 50 polegadas queimou durante uma das quedas de energia no bairro (Foto: Estevam Eliel/G1)
As constantes quedas de energia no bairro Goiabal, na Zona Oeste de Macapá, além de causar transtonos no dia a dia estão resultando em prejuízos financeiro para a população da região. Aparelhos eletrônicos estão apresentando defeito com a oscilação e desligamento da corrente elétrica, dizem os moradores.
A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que vai enviar uma equipe ao bairro para realizar inspeções e verificar quais providências poderão ser tomadas na rede elétrica do bairro.

Presidente Associação de Moradores do GoiabalAdilson Balieiro (Foto: Estevam Eliel/G1)
Segundo o presidente da Associação de Moradores da Comunidade do Goiabal, Adilson Balieiro, de 42 anos, somente na avenida Nova Jerusalém já foram trocados três transformadores.
Balieiro concorda que o crescimento desordenado do bairro é um dos problemas, mas diz que há descaso por parte da companhia.

“A CEA alega que têm muitos clandestinos, mas ela não vem fazer o cadastro dessas pessoas. Esse é o terceiro transformador trocado, aqui são mais de 500 famílias, então fica sobrecarregado, todo tempo dá pane.

Todo dia falta energia, basta dar um ventinho que a energia some”, relatou o presidente.
O comerciante José Mário dos Santos, de 52 anos, diz que já acumula mais de R$ 3 mil em prejuízo material.

Ele conta que o filho está acidentado e precisa ser carregado para fora da residência toda a vez que falta energia por causa do calor. Comerciante José Mário dos Santos(Foto: Estevam Eliel/G1)
“Já perdi três freezeres e com isso tenho que jogar fora toda a mercadoria que precisa ser resfriada.

Temos um filho que está todo engessado, ele pesa 80 quilos, e quando falta energia nós precisamos trazer ele aqui para frente, pois não tem como ficar no calor. Pedimos que a CEA arrume nossa energia, porque a gente paga regulamente”, disse o comerciante.

O vigilante Aldemir Azevedo, de 32 anos, está com a TV de 50 polegadas queimada há mais de uma semana, e para não deixar de assistir a programação televisiva, precisou improvisar um aparelho menor.
“As constantes quedas aqui acabou me prejudicando.

Meu aparelho de TV queimou. Infelizmente a gente não tem para onde correr, já fui à CEA, fiz as ocorrências no Procon, e até agora a gente contínua sendo prejudicado”, reclamou o vigilante.

Segundo a CEA, o crescimento desordenado do bairro Goiabal e o uso clandestino da energia, têm causado sobrecarga no transformador, gerando os apagões. Nos próximos dias uma equipe fará inspeções para tentar resolver o problema.

Sobrecarga de energia na avenida Nova Jerusalém já queimou dois transformadores, dizem moradores (Foto: Estevam Eliel/G1)
.