Quíntuplos completam um ano de vida nesta quarta-feira (13) em Santos, litoral de SP (Foto: Arquivo Pessoal)
Se um filho já dá trabalho imagine cinco. No dia 13 de Abril de 2015 nasciam Artur, Lais, Gabriela, Giulia e Melissa, filhos de Karina Barreira, de 36 anos, e João Júnior, de 37 anos. Os quíntuplos, que viraram celebridades e foram acompanhados durante toda a gravidez de Karina, completam 1 ano nesta quarta-feira (13).

Passados 365 dias, os irmãos continuam crescendo com muita saúde e deixando os pais de cabelos em pé: “Eles são ciumentos!”, brinca João.
De acordo com os pais, o quinteto de crianças dá mais trabalho a cada dia que passa, já que estão se desenvolvendo com bastante rapidez.

Basta um toque no telefone da casa para que a choradeira comece e os pais tenham que agir. “É uma baita correria.

Eles não param um segundo. A gente tem que dar atenção 24 horas por dia.

Senão complica tudo”, conta João.
Dar conta de quíntuplos exige muita dedicação do casal.

Apesar de ainda não andarem nem falarem, os bebês costumam brigar pela atenção dos pais. “Tem que dar tempo porque às vezes você está com um dos bebês o outro vem para cima querendo atenção.

Eles são ciumentos e, por isso, tem que intercalar. De vez em quando a gente tem que deitar no chão para os cinco virem para cima”, explica aos risos.

Melissa e os irmãos ainda precisa de doações(Foto: Arquivo Pessoal)
Apesar da alegria transmitida pelos filhos, o casal ainda enfrenta algumas dificuldades, já que os quíntuplos demandam muitas fraldas e alimentação. “Eles já estão tomando sopa, comendo fruta raspada, mas ainda precisamos de leite porque o médico pediu para continuarmos já que eles estão se desenvolvendo bem.

Algumas vezes também precisamos fazer muitas compras na feira”, explica o pai.
Segundo João, mesmo passado tanto tempo muitas pessoas continuam ajudando os quíntuplos, já que os custos ainda são extremamente altos.

 “Tem gente que doa leite, alguns nos mandam roupinhas, outros vivem muito longe e pedem número de agência e conta para doar alguma quantia. Então agradecemos e muito a quem pode ajudar”, diz.

Atualmente, os pais dos quíntuplos mantêm uma página no Facebook onde postam fotos e falam um pouco da rotina dos filhos. Na descrição da página há também números de contas e agências bancárias para quem puder ajudar.

Quem vive na Baixada Santista pode ajudar os quíntuplos deixando suas doações na Rua Itororó, 78, no centro de Santos. As entregas podem ser feitas de segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h.

Giulia e os irmãos brigam pela atenção dos pais odia todo (Foto: Arquivo Pessoal)PartoAntes dos quíntuplos, Karina havia tentado engravidar durante cinco anos. A cesárea precisou ser feita um dia depois da gestante completar sete meses de gravidez, pois havia o risco de complicações na barriga da mãe.

Pelo menos 11 médicos participaram do parto. Desde o nascimento, amigos e parentes se revezaram para ajudar os pais no cuidado das crianças.

Além dos recém-nascidos, Karina também precisou de um atendimento especial após o parto. Ela perdeu 12 kg e ficou dois dias internada na UTI e outros no quarto.

Quatro meses após o nascimento dos filhos quíntuplos, o casal finalmente pôde voltar para casa com a família completa. Eles retornaram para Santos em 15 de agosto de 2015.

Doação para quíntuplos pode ser feita diariamente em Santos, no litoral de SP (Foto: Arquivo Pessoal)
.