Materiais foram encontrados na noite desta quarta-feira (4) (Foto: Divulgação/Seap)
Duas mangueiras de bombeiro, um fio de eletricidade e um pedaço de ferro foram encontrados no início da noite desta quarta-feira (04), no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) o material foi encontrado no forro do pavilhão 3, ala 2, e seria possivelmente usado pelos internos para uma tentativa de fuga pela muralha da unidade.
O titular da Seap, Pedro Florencio, informou que, desde outubro de 2015, já foram registradas cerca de 10 fugas que foram frustradas pela ação da Polícia Militar e equipes da Seap.

O Compaj, que hoje possui 1. 185 internos condenados, foi a unidade onde foram encontrados a maioria dos túneis neste primeiro semestre de 2016.

Em janeiro foram encontrados dois túneis no mesmo dia: pela parte da manhã na cela 8 do pavilhão 3, e no final da tarde, equipes da Seap encontraram o segundo túnel na cela 3, pavilhão. No dia 13 de março o quinto túnel descoberto pela Seap neste ano foi encontrado na cela 4 do pavilhão 1 do Compaj.

AlertaEm março, as unidades prisionais situadas em Manaus entraram em regime de alerta após as últimas tentativas de fuga de detentos.
De acordo com a Seap, o fim de regalias nos presídios e o enfraquecimento de uma facção criminosa que comandava as unidades estaria motivando as tentativas.

Quatro túneis foram encontrados em presídios da capital neste ano.
Em 2015, ocorreram três tentativas de fugas que foram frustradas.

Neste ano, uma tentativa de fuga foi registrada no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).
Ainda nos primeiros meses deste ano quatro túneis foram localizados nos presídios – três deles dentro de unidades prisionais e um nas proximidades do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), na Zona Rural da capital.

O túnel seria usado para uma fuga em massa. A descoberta mais recente de túnel ocorreu no dia 3 de março.

Quatro presos da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizada na Avenida Sete de Setembro, no Centro de Manaus, fugiram da unidade na manhã do dia 29 de março. Os quatro homens pularam a muralha da cadeia.

Na segunda-feira, 39 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), que fica situado no km 8 da BR-174 que liga Manaus a Boa Vista/RR. Dois foram recapturados.

ebelião Na noite da terça-feira (3), detentos do CDPM realizaram uma rebelião, que terminou após cerca de 5 horas de negociação.   Quatro pessoas foram feitas reféns.

Ninguém ficou ferido. Os envolvidos já teriam feito motim em outra unidade prisional.

Eles seriam integrantes de uma facção criminosa e estariam sofrendo ameaças de grupo rival. O grupo será transferido.

.