Sistema de videomonitoramento ajudará a combater crimes fronteiriços, em Vilhena e Pimenteiras (Foto: Governo do Estado de Rondônia/ Divulgação)
Foi inaugurado na última sexta-feira (8) o sistema de videomonitoramento nos municípios de Pimenteiras e Vilhena, no Cone Sul. No total foram entregues 22 câmeras, sendo 13 delas instaladas em Vilhena e outras nove em Pimenteiras do Oeste. Elas funcionarão em pontos estratégicos monitorando em um ângulo de 360º durante 24 horas, com o intuito de facilitar a coleta de provas e as investigações criminais.

As imagens são armazenadas e, quando necessárias, coletadas como material para investigações e como prova dos crimes fronteiriços. O sistema completo funciona com estações de trabalho, TVs, microcomputadores, softwares, centrais de ar, dentre outros equipamentos.

O investimento é uma iniciativa do Governo de Rondônia e da União, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que visa auxiliar todos os órgãos policiais nas zonas de fronteira. Para o secretário adjunto de Segurança Pública, Adilson Pinheiro, a iniciativa vem de encontro aos anseios da polícia ostensiva, e também auxilia a polícia judiciária pois “a gravação das imagens de suspeitos ou de crimes em andamento, facilita a comprovação do delito”.

As cidades de Guajará-Mirim, Buritis, Costa Marques e Nova Mamoré também foram contempladas com o sistema nos meses anteriores, assim como Machadinho do Oeste que recebeu os equipamentos com recursos oriundos apenas do governo do Estado.
.