Soja retomou a liderança do ranking de exportações de Mato Grosso do Sul (Foto: Anderson Viegas/G1 MS)Mato Grosso do Sul fechou o primeiro trimestre de 2016 registrando um aumento de 27,65% na receita com as exportações em comparação com o mesmo período de 2015. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), o faturamento do estado com as vendas internacionais subiu, nesta comparação, de US$ 987,581 milhões para US$ 1,260 bilhão.
Os dados do Mdic também apontaram que no acumulado de janeiro a março, a soja acabou superando a celulose, que liderou no primeiro bimestre, como o principal produto de exportação do estado em receita.

O volume embarcado da oleaginosa nestes três meses de 2016 atingiu 1,062 milhão de toneladas, 120% a mais que as 482,734 mil toneladas do mesmo período do ano passado.
Como resultado desse incremento expressivo nos embarques da soja, o faturamento com as exportações do produto teve um crescimento significativo nos três primeiros meses deste ano ante o mesmo intervalo de tempo do ano passado, 95,86%, saltando de US$ 188,692 milhões para US$ 369,577 milhões.

“Destronada” a celulose passou a ocupar a segunda posição no ranking de exportações do estado. Entre janeiro e março, o estado vendeu para o mercado internacional 662,512 mil toneladas do produto, com faturamento de US$ 297,567 milhões.

Em terceiro aparece o milho em grãos, com a comercialização de 1,162 milhão de toneladas e receita de US$ 191,792 milhões; em quatro vem a carne desossada e congelada de bovinos, com 21,053 mil toneladas e resultado financeiro de US$ 76,958 milhões e em quinto o açúcar, com 190,863 mil toneladas, e faturamento de US$ 54,039 milhões.
.