Ruth, de 32 anos, foi encontrada morta dentro de lan house (Foto: Arquivo Pessoal)
A Policia Civil informou que prendeu o homem suspeito de matar a esposa Ruth Mouta Cacela, de 32 anos, em Manaus. A mulher foi encontrada dentro de uma lan house, de propriedade do casal, na manhã de quinta-feira (12). A polícia investiga crime passional.

De acordo com a assessoria da polícia, a prisão do técnico de informática, 32, ocorreu em flagrante. Na tarde desta sexta-feira (13), o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, deve divulgar detalhes da prisão à imprensa.

De acordo com a família, Ruth e o marido eram donos da lan house onde o crime ocorreu. Os dois chegaram a trabalhar juntos na quarta-feira (11) porque uma funcionária faltou ao trabalho.

O corpo de Ruth foi localizado por volta das 7h30 de quinta por familiares que resolveram abrir a lan house após estranhar o sumiço da mulher. A vítima foi encontrada caída no chão com ferimentos no pescoço.

A polícia diz que ela foi estrangulada.
Uma prima da vítima, que não quis ser identificada, disse que Ruth havia conversado com o companheiro sobre a separação horas antes do assassinato.

Segundo o relato, a mulher pedia o divórcio há, pelo menos, um ano. O casal tem uma filha de 3 anos.

Crime chamou atenção de moradores do bairro (Foto: Ive Rylo/G1 AM)
.