O francês Gregório Finidori, 51, foi encontrado morto na Estrada do Barro, na Caucaia (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Francisco Mariano Faustino, supeito de participar do assassinado do turista francês Gregoire Finidori, 51, se entregou na noite desta segunda-feira (9) na Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), em Fortaleza.
Na manhã do mesmo dia, dois adolescentes foram apreendidos por suspeita de participação na morte do francês. O turista foi encontrado morto com marcas de violência em 18 de abril, na Estrada do Barro, na localidade de Urucutuba, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a delegada Adriana Arruda, titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), o francês foi assassinado por dois adolescentes e um adulto. A polícia investiga a participação de uma jovem infratora, de 14 anos, abusada sexualmente pela vítima.

InvestigaçõesDe acordo com as investigações da polícia, Gregoire Finidori foi morto quando saía de um motel com a adolescente. Ele foi abordado por três pessoas que anunciaram um assalto.

O trio seguiu com o francês e a jovem até a Estrada do Barro, em Caucaia, onde foi agredido até a morte e teve os pertences levados.
Na manhã desta segunda-feira, os policiais cumpriram dois mandados de busca e apreensão, um no Bairro Picuí, na Caucaia, de um adolescente de 17 anos envolvido no crime, e outro no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza, da jovem envolvida com Gregoire.

Em depoimento, a adolescente confessou a participação no esquema que terminou com o assassinato do francês.
A polícia segue com as investigações na tentativa de prender mais um dos envolvidos no crime.

Todo o grupo foi indiciado por latrocínio – que é o roubo seguido de morte – e associação criminosa. Um deles deve responder também por corrupção de menores.

.