Um suspeito de 18 anos foi agredido pela população após assalto a um ônibus na noite de quinta-feira (5), na Zona Norte de Manaus. O jovem foi perseguido pelos populares após a chegada de uma viatura da Polícia Militar (PM-AM). Dois suspeitos que participaram da ação conseguiram fugir.

A PM precisou intervir para poder prender o jovem. Ele será encaminhado à cadeia pública.

Segundo informações da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o assalto ocorreu na Avenida Margarita por volta das 21h30. Os três suspeitos entraram no ônibus e renderam os passageiros, coletando bolsas e celulares.

Após o grupo sair do ônibus, moradores próximos ao local e alguns passageiros se revoltaram e começaram a perseguir os suspeitos. Suspeito sorriu para foto ao ser apresentado(Foto: Divulgação/ Polícia Militar)
De acordo com a PM, um grupo de 60 pessoas se aglomerou para capturar o trio.

Dois deles conseguiram escapar após pular um muro e entrar em uma área de mata. O jovem de 18 anos foi alcançado e agredido com objetos, socos e chutes.

Uma viatura da PM recebeu o chamado e foi ao local. Para separar a população do suspeito e efetuar a prisão, policiais chegaram a disparar para o alto.

 Antes de ser levado a delegacia, o jovem recebeu atendimento médico. Ao ser apresentado, o suspeito ainda sorriu para a foto.

Com ele, foi apreendido uma faca de 33 cm, utilizada no crime. De acordo com o delegado plantonista do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Fabiano Nascimento, o suspeito não entregou os outros envolvidos.

“Ele não negou o crime, mas não entregou os comparsas”, disse.
Ainda segundo Nascimento, o suspeito será indiciado por roubo e encaminhado à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus.

.