Operação foi realizada em Manaus (Foto: Erlon Rodrigues/Polícia Civil)
Dois homens, de 24 e 50 anos, foram presos suspeitos de participar de esquema de desmanche e receptação de automóveis em Manaus. As prisões ocorreram em flagrante durante a operação “Chave Dez”, da Polícia Civil, na tarde de segunda-feira (11).
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito mais jovem foi preso por volta das 17h30, no bairro Vila da Prata, Zona Oeste.

O mecânico de 50 anos foi interceptado na Rua Manoel Nascimento, bairro São Jorge, também na Zona Oeste da capital.
As investigações foram iniciadas após o recebimento de denúncias anônimas, informando que um dos suspeitos estaria desmantelando carros roubados no lugar onde ele foi preso, na Vila da Prata.

“Ao chegarmos ao local indicado constatamos o desmanche de um veículo modelo Gol, roubado no dia 16 de março deste ano, em Manaus”, disse o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), Péricles Nascimento.
No local onde funcionava o desmanche, no São Jorge, foram encontrados dois carros roubados e peças de automóveis.

O suspeito preso no local chegou a oferecer aos policiais civis R$ 12 mil para não ser preso, segundo informações da Derfv.
O delegado afirmou que um dos presos atuava como mecânico há 20 anos.

De acordo com as investigações, o suspeito levava para o galpão os automóveis roubados, realizava os desmanches e remarcava os motores e chassis. Em seguida, as peças eram vendidas em uma loja de propriedade dele, localizada no bairro Compensa.

 
A dupla foi autuada em flagrante por receptação qualificada. O mecânico irá responder, ainda, por corrupção ativa.

Eles serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão permanecer à disposição da Justiça.
.