Grupo Raízes do Bolão organiza programação cultural no Curiaú (Foto: Raízes do Bolão/Divulgação)
O quilombo do Curiaú, na rodovia AP-070, vai sediar um encontro sobre a relação da cultura negra e a escravidão. O evento será realizado no dia que marca a assinatura da Lei Áurea, que aboliu a escravatura no país. A 3ª edição do projeto “Tambor da Liberdade” acontecerá em 13 de maio, na maloca do Centro Cultural Raízes do Bolão, no quilombo distante 6 quilômetros de Macapá.

Inspirado na vida da avó, Benedita Carlota do Rosário, que nasceu no dia 13 de maio de 1888 no Curiaú, Pedro Bolão, que integra o grupo Raízes do Bolão, criou o projeto para contar as histórias de negros que viveram há anos na comunidade, e debater sobre o negro hoje. Banzeiro Brilho de Fogo é uma das atrações doevento (Foto: John Pacheco/G1)
“Minha avó sempre falava para a gente que ela nasceu no ano da liberdade.

Ela não sabia escrever, mas sempre tinha histórias para contar. Temos a preocupação com todas essas histórias, de pessoas mais antigas, tudo isso queremos aproveitar nesse projeto para que não fique somente na nossa memória”, disse Pedro Bolão.

A programação vai iniciar às 17h, com um ciclo de conversa sobre a data e a história de Benedita Carlota, que viveu até os 86 anos. O grupo Banzeiro do Brilho de Fogo fará uma apresentação às 19h, na maloca, e às 20h, haverá apresentação de grupos tradicionais de marabaixo e batuque com Raízes do Bolão e Ancestrais.

A noite vai encerrar com shows de atrações artísticas amapaenses. As apresentações vão começar às 21h e estão confirmados Afro Brasil, Brenda Melo, Mayara Braga, Amadeu Cavalcante, Claudete Moreira, Maria Eli, Patrícia Bastos, Odeide Bastos, Osmar Júnior, Enrico Di Miceli, Val Milhomem e Silmara Lobato no palco.

De acordo com Bolão, também serão servidos gratuitamente gengibirra e caldo durante a programação cultural. ServiçoTambor da LiberdadeDia: 13 de maioLocal: maloca do Centro Cultural Raízes do Bolão (na rodovia do Curiaú, passando o canteiro principal)Hora: a partir das 17hEntrada: gratuita
.