Para comemorar o “Dia Internacional dos Museus”, que é comemorado na próxima quarta-feira (18), teve início neste domingo (15) “14ª Semana Nacional de Museus no Maranhão”.
Grande parte das atividades está sendo realizada na comunidade Cajueiro, situado na zona rural de São Luís. Neste ano, a ideia do evento é propor uma reflexão sobre a importância da identidade cultural da comunidade Cajueiro.

O cajueiro é uma comunidade muito antiga de pescadores. No local existem pessoas que vivem desde os tempos de seus ancestrais.

São cerca de 100 famílias e muitas delas são descendentes de quilombolas. Na região, a memória cultural é muito preservada.

E em virtude de sua riqueza cultural que a comunidade foi a escolhida nesta nova ediçãopara receber uma parte da programação da “Semana Nacional dos Museus”.
Na escola onde estudam no Cajueiro, as crianças receberam a missão de desenhar cartões postais com imagens de onde vivem.

O morador e estudante Joberth de Souza, de apenas seis anos de idade, retratou a natureza da comunidade. “Tem duas árvores, uma goiabeira, um rio cristalino, chão”.

Os cartões que os alunos fizeram podem virar selo postal. Pelo menos é o que garante Rosário Lobão, representante de Cultura dos Correios.

“Vai haver um concurso. A imagem, ou seja, o cartão postal que for sorteado vai virar um selo e esse selo será lançado posteriormente na comunidade do Cajueiro”, explicou.

Para Tieta Macau, educadora da Organização Não Governamental (ONG) “Natureza, Arte, Vida e Ecologia”, a comunidade Cajueiro possui uma importante memória cultural. “O Cajueiro tem uma extrema importância para a memória, para a natureza.

Não só para a Nave, mas para todo o Maranhão e Brasil”, finalizou.
A programação da  “14ª Semana Nacional de Museus no Maranhão segue até o próximo sábado (21).

Morador e estudante Joberth de Souza, de apenas seis anos, retratou a natureza da comunidade Cajueiro em cartão postal (Foto: Reprodução/TV Mirante)
.