Três veículos foram incendiados em Cascavel, na região oeste do Paraná, entre a noite de sexta-feira (22) e madrugada deste sábado (23). A Polícia Civil investiga a autoria e os motivos dos ataques que ocorreram em menos de cinco horas. Segundo o Corpo de Bombeiros, os incêndios foram criminosos.

Horas antes, um carro do setor de Homicídios foi atingido por disparos de arma de fogo e depredado por populares. Segundo a polícia, policiais foram até o bairro Jardim Gramado na manhã de sexta-feira para intimar um suspeito de um crime.

O rapaz tentou fugir, e enquanto os policiais o perseguiam, o carro policial que ficou estacionado foi depredado. O veículo teve o retrovisor arrancado, para-brisa quebrado, pneus furados e toda a lataria foi riscada.

Além disso, ainda foram feitos vários disparos contra o automóvel. À tarde, a polícia voltou ao local à procura dos autores da depredação, e um adolescente foi encaminhado para prestar depoimento na delegacia, mas houve tumulto.

Segundo a Polícia Civil, a mãe do adolescente teria reagido contra os policiais e levou um tiro na perna, com um tipo de munição utilizada para contar tumulto. Ela foi socorrida e passa bem.

Outro adolescente e mais duas pessoas foram levadas à delegacia. A polícia ainda apreendeu uma faca que teria sido usada para riscar o veículo da Polícia Civil e procura um rapaz suspeito de ter feito os disparos contra o carro da polícia.

Os incêndios e depredação ocorrem a menos de um mês dos ataques a ônibus no município. No dia 28 de março, quatro ônibus e um carro foram destruídos após um jovem ser morto por um policial.

Após esse fato, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) reforçou a segurança na cidade. Três inquéritos foram concluídos e entregues à Justiça.

.