Câmara afirma que Manoel Sobrinho renunciou o prazo para se justificar (Foto: Câmara de Maringá/Divulgação)
O vereador Manoel Álvares Sobrinho (PC do B) foi suspenso por sete dias da Câmara de Maringá, no norte do Paraná, comunicou a Mesa Executiva da Casa nesta terça-feira (3).
Conforme a decisão, o vereador faltou em quatro sessões ordinárias consecutivamente. As faltas ocorreram, sem justificativa, nos dias 5, 7, 12 e 14 de abril.

O parlamentar, no entanto, afirma que enviou documento a ser lido em plenário com o aviso de que faltaria por motivos particulares. Mesmo assim, ele diz que prefere não recorrer e aceita a punição.

A aplicação da penalidade administrativa também inclui o desconto proporcional no pagamento do subsídio mensal do vereador em abril e em maio. Quer saber mais notícias da região? Acesse o G1 Norte e Noroeste.

.