O vídeo de uma boiada “gigante” andando pela principal avenida de Alto Alegre dos Parecis (RO) está chamando a atenção de internautas nas redes sociais. Gravadas por um morador no último domingo (1°), as imagens mostram vários peões a cavalo tocando mil bois tranquilamente. Em alguns trechos da gravação, os animais sobem em cima de calçadas e chegam a desviar de um caminhão estacionado na via.

Até esta sexta-feira (6), mais de 55 mil pessoas já haviam assistido ao vídeo (veja acima).
De acordo com Dalvino Rodrigues de Azevedo, que gravou o vídeo da sacada de casa, a boiada passou pela Avenida Tancredo Neves no último domingo.

“Foi bem cedinho. Eu ainda estava dormindo quando ouvi os estalos do chicote e sai para ver”, relembra.

Ao G1, o morador de 52 anos disse que esta não foi a primeira vez que uma boiada passa pela avenida. “Uma vez passou cerca de 2 mil cabeças, deve ser a maior que já vi aqui.

Uma vez a boiada estourou e os peões precisaram sair correndo com o cavalo para arrebanhar de novo. É sempre lindo ver essa tradição no interior do estado”, conta.

Boiada era composta por mil cabeças, segundo o Idaron de Alto Alegre (Foto: Reprodução)
Dalvino diz que a boiada costuma passar pela cidade sempre de madrugada ou já no amanhecer do dia, quando não tem ninguém andando na rua. “A prática é comum e linda de se ver”, afirma.

O morador diz que não esperava tanta repercussão nas redes sociais após a postagem do vídeo. “Fiquei bastante surpreso”, ressalta.

RepercussãoDepois que o vídeo foi postado, várias pessoas compartilharam e comentaram a gravação no Facebook. Um usuário brincou com a situação e chamou a cena de um “engarrafamento de churrasco”.

O trabalho dos peões também arrancou elogios dos usuários: “Eita boiada bonita”, disse um homem no comentário do vídeo. “Lindo de mais amei”, disse outra internauta.

Internautas comentaram vídeo gravado por morador, em RO (Foto: Facebook/ Reprodução)
Até esta sexta-feira, mais de 55 mil pessoas já haviam assistido o vídeo gravado por Dalvino. AutorizadoDe acordo com a Agência de Defesa Sanitária Agrossilvipastoril do Estado de Rondônia (Idaron), este tipo de transporte terrestre de animais é permitido.

“Para fazer isso, o produtor precisa apresentar o Guia de Trânsito Animal (GTA)”, explica Alexandre Marques de Lima, chefe da unidade em Alto Alegre dos Parecis. Prêmio em campeonato de RO, boi invade campo e chifra organizador
Ainda segundo Alexandre, a Idaron também cobra exames negativos para mormo e anemia dos animais.

“Sempre que vão passar pela cidade nós os abordamos para verificar essa documentação. Aqui é comum esse tipo de boiada, pois é uma rota boiadeira”, declara.

A boiada filmada em Alto Alegre dos Parecis é composta de mil cabeças. Os animais saíram de uma fazenda do município no dia 1° de maio e o destino final é uma propriedade do distrito de Novo Plano, em Chupinguaia (RO), no Cone Sul de Rondônia.

Os bois devem viajar cerca de 150 quilômetros e o trajeto pode durar semanas.
.