O terminal do aeroporto de Zaventem em Bruxelas, na Bélgica, após explosões em fotos não datadas disponibilizada pelo jornal belga Het Nieuwsblad (Foto: Divulgação/Reuters)
O aeroporto de Zavantem, em Bruxelas , Bélgica, será parcialmente reaberto para voos com passageiros no domingo (12), dias após ter parte de suas instalações destruídas por ataque de homens-bomba.
O principal aeroporto do país não tem sido usado para voos de passageiros desde que dois supostos militantes islâmicos realizaram ataques suicidas no local. Duas explosões devastaram a área de desembarque do aeroporto.

Essas bombas e uma outra detonada no metrô na cidade mataram 35 pessoas e feriram 270 no último dia 22 de março.
Nos útlimos dias, estava prevista uma simulação para testar as instalações temporárias de registro de bagagens, com a presença dos 800 funcionários do aeroporto.

“A partir de amanhã, domingo, o Aeroporto de Bruxelas deve estar parcialmente operacional”, disse o presidente executivo da aeroporto, Arnaud Feist, em entrevista coletiva.
Os planos de reabrir parcialmente o aeroporto haviam sido suspensos na quarta-feira depois que policiais responsáveis pela segurança no local entraram em greve.

Os policiais reclamaram da falta de segurança do aeroporto, segundo informações do jornal belga “Le Soir”
.

Fonte: G1