Criança chora em trem usado como abrigo no campo de refugiados de Idomeni, na Grécia, nesta terça-feira (12) (Foto: Alexandros Avramidis/ Reuters)
Ao menos 400 refugiados abandonaram a bordo de nove ônibus o acampamento de Idomeni, na fronteira greco-macedônia, desde os incidentes violentos do fim de semana e foram levados para centros de acolhida no norte da Grécia.
A ONG “Libertação das crianças cristãs e yazidis do Iraque” informou à AFP que se encarregou de enviar dezenas de pessoas para um centro em Veria, norte da Grécia, e Liene Veide, do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur), disse que é cada vez maior o número de refugiados que querem abandonar Idomeni.
No domingo, cerca de 260 refugiados ficaram feridos pelos gás lacrimogêneo jogados pelas forças macedônias.

Segundo a ONG Médicos sem Fronteira, a polícia macedônia também disparou com balas de plástico quando um grupo de migrantes tentou forçar a fronteira.
.

Fonte: G1