Mohamed Abrini, um belga de 31 anos procurado por conexão com os atentados de Paris em novembro, foi preso, informou a TV pública belga nesta sexta-feira (8).
Abrini estava na lista dos mais buscados da Europa desde que foi identificado em um vídeo de câmera de segurança em um carro junto com Salah Abdeslam — preso recentemente –, dois dias antes dos ataques de 13 de novembro na capital francesa.             Abdeslam foi detido em Bruxelas duas semanas atrás, quatro dias antes de que homens-bomba do Estado Islâmico se explodissem no metrô e no aeroporto da capital belga.

.

Fonte: G1