Kenton Cool, alpinista britânico, é um dos primeiros a alcançar o cume do Everest após terremoto e avalanches (Foto: Reprodução/ Twitter/ Kenton Cool)
Os alpinistas britânicos Kenton Cool e Robert Lucas tornaram-se os primeiros estrangeiros a alcançar nesta quinta-feira o cume do Everest desde o terremoto que atingiu no ano passado o Nepal.
Acompanhados por dois guias locais, Dorchi Gyalzen Sherpa e Pemba Bhote, os britânicos atingiram o topo do mundo às 8h15 locais (23h30 de quarta-feira no horário de Brasília), segundo Iswari Paudel, dono do Himalayan Guides Nepal.
Na quarta-feira, nove nepaleses concluíram a escalada e prepararam as cordas utilizadas pelos britânicos para escalar o pico.

Apenas um alpinista atingiu o pico em 2014, após a morte em uma avalanche de 16 guias nepaleses. “Em dois anos, perdi 14 guias sherpas em dois desastres no Everest”, indicou Paudel à AFP.

Avalanches fatais interromperam as temporadas de alpinismo de 2014 e 2015 (Foto: AP Photo/Hans Edinger)
“Todos na comunidade alpinista, local e estrangeira, foram muito afetados. Queríamos enviar uma mensagem positiva ao mundo este ano e a escalada de hoje é uma notícia muito boa”, disse ele.

O Nepal emitiu 289 autorizações para a temporada de escalada deste ano, que dura de meados de abril até o final de maio.
.

Fonte: G1