Lucca, de 12 anos, perdeu a pata em missão no Afeganistão. Ela recebeu nesta terça-feira (5) a medalha PDSA Dickin, que é o máximo reconhecimento à dedicação de qualquer animal na tarefa de salvar vidas humanas durante conflitos bélicos (Foto: Frank Augstein/AP)
A cadela Lucca recebeu, nesta terça-feira (5), uma medalha pela sua atuação na desativação de bombas no Iraque e no Afeganistão. Ela perdeu uma pata dianteira em março de 2012, na pronvíncia afegã de Helmand, segundo a agência Associated Press.

A medalha britânica PDSA Dickin é o máximo reconhecimento à dedicação de qualquer animal na tarefa de salvar vidas humanas durante conflitos bélicos.Lucca, de 12 anos, fez mais de 400 missões no Iraque e no Afeganistão durante seis anos de serviço, protegendo a vida de milhares de soldados.

Em 23 de março de 2012, enquanto ela descobria um explosivo, um segundo artefato que estava próximo explodiu. Ela perdeu instantaneamente a pata esquerda.

.

Fonte: G1