Donald Trump discursa em Eugene, Oregon, no dia 6 de maio (Foto: Reuters/Jim Urquhart)
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, mantém sua afirmação de que a proposta de Donald Trump de proibir temporariamente a entrada de muçulmanos nos Estados Unidos é “divisiva, estúpida e errada”, disse um porta-voz do premiê nesta segunda-feira (16).
Trump, provável candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, disse, ao ser perguntado sobre as críticas feitas por Cameron, que tais comentários indicam que ele provavelmente não terá um bom relacionamento com o premiê britânico.
“O primeiro-ministro deixou seu ponto de vista sobre os comentários de Donald Trump bem claros.

Ele discorda”, disse o porta-voz. “Ele continua acreditando que impedir muçulmanos de entrar nos EUA é divisivo, estúpido e errado.

Ele mantém seus comentários”.
Perguntado sobre quem Cameron gostaria de que fosse eleito presidente dos EUA, o porta-voz disse que não iria comentar sobre a eleição de outro país, mas disse que o líder britânico deixou claro que irá trabalhar com quem for eleito.

“Ele está comprometido em manter a relação especial”, disse.
.

Fonte: G1