O premiê canadense Justin Trudeau visita cidade de Fort McMurray ao lado do chefe dos bombeiros Darby Allen nesta sexta-feira (13) (Foto: REUTERS/Jason Franson/Pool)
Criticado pela visita tardia, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, prestou uma homenagem aos bombeiros nesta sexta-feira (13) na cidade de Fort McMurray, na província de Alberta (oeste), evacuada devido aos incêndios florestais que começaram há cerca de duas semanas.
“O trabalho que vocês fizeram para salvar muito desta comunidade, muito desta cidade, do seu centro, e tantas casas, foi inacreditável”, disse Trudeau após sobrevoar áreas devastadas pelo fogo.
Os canadenses “sabem que houve um incêndio, e então começam a escutar a notícia maravilhosa de que grande parte da cidade foi salva”, acrescentou Trudeau, que visitou também parte da vizinhança de Beacon Hill, em ruínas.

Trudeau respondeu, ainda, às críticas pela sua visita tardia à cidade: “Não pude vir antes, mas estava acompanhando todas as atualizações e vendo as imagens na televisão e dimensionando a magnitude disso”.
Treze dias depois do início dos incêndios florestais que provocaram a evacuação de 100 mil  pessoas e destruíram 2.

415 km2 em Fort McMurray, as equipes de resgate já começaram a restabelecer os serviços elétricos e de abastecimento de água.
Os incêndios são recorrentes na região nesta época do ano.

“Estou muito, muito interessado não só no que conseguimos fazer para superar este, mas também o que podemos fazer para minimizar os impactos do próximo, porque ele vai vir”, completou Trudeau.
.

Fonte: G1