Pessoas caminham pela avenida Champs-Élysées, em Paris, fechada para o tráfego no domingo (8) (Foto: AP Photo/Kamil Zihnioglu)
Pedestres tomaram conta da Champs-Élysées no domingo (8), como parte de um novo programa para banir o trânsito da mais famosa avenida de Paris uma vez por mês.A iniciativa, em uma das tradicionalmente mais movimentadas vias da capital francesa, foi lançada pela prefeita de Paris, Anne Hidalgo, e tem como objetivo diminuir a poluição na cidade.Hidalgo não poderia ter sonhado com um dia melhor para lançar seu projeto, com temperaturas chegando a 27 graus no domingo e turistas se expondo ao sol.

Sem o barulho do tráfego que geralmente domina a avenida, uma incomum sensação de quietude reinou na Champs-Élysées.“Estive aqui antes, e da última vez havia milhares de carros, disse Tony Weng, um turista de Taiwan.

“Só podíamos ficar na calçada. Esta é a primeira vez que podemos realmente ficar na rua, então é incrível”.

Pessoas caminham pela avenida Champs-Élysées, em Paris, fechada para o tráfego no domingo (8) (Foto: AP Photo/Kamil Zihnioglu)
A cidade já havia adotado medidas anteriores para reduzir os níveis de poluição ao introduzir o aluguel de bicicletas nas ruas, ampliar ciclovias e adotar uma frota de carros elétricos para moradores, para incentivar os motoristas a deixarem os veículos poluidores em casa.Segundo dados divulgados no ano passado pela Organização Mundial de Saúde, a poluição do ar está causando 600 mil mortes prematuras por ano na Europa.

“A poluição mata pessoas todos os anos, especialmente por causa das partículas”, disse Hidalgo. “Nós absolutamente temos que mudar nossos hábitos, mudar nossa atitude e escolher mobilidade”.

“Paris encoraja a mobilidade através de seu transporte público, seus carros elétricos de aluguel e o sistema de compartilhamento de carros e suas bicicletas alugadas, mas também ao promover o tráfego gentil”, disse a prefeita. “É nossa ambição.

É nosso plano para tornar a cidade mais ambientalmente saudável”.
.

Fonte: G1