Passageiro caminha em frente à estação de metrô Maelbeek, em Bruxelas, que reabriu nesta segunda-feira (25). Há mais de um mês um homem-bomba provocou uma explosão que matou 16 pessoas no local (Foto: John Thys / AFP)
A estação de metrô Maelbeek de Bruxelas, cenário de um dos atentados de 22 de março, reabriu as portas nesta segunda-feira (25), depois de mais de um mês de obras, segundo a France Presse.
“É um pouco estranho, mas não devemos pensar nisto, a vida continua”, afirmou à AFP Patrick, de 52 anos, um dos primeiros passageiros a entrar na estação Maelbeek.

No dia 22 de março, às 9h11 locais, uma hora depois do atentado suicida no aeroporto internacional Zaventem de Bruxelas, Khalid El-Bakraui detonou sua carga explosiva dentro do metrô e matou 16 pessoas.
No total, 35 pessoas morreram nos atentados de 22 de março, segundo balanço divulgado dias após os ataques.

.

Fonte: G1