Homem carrega criança ferida nesta segunda-feira (18) após queda de quatro foguetes na cidade de Kilis, na Turquia (Foto: AFP)
Quatro sírios, entre eles três crianças, morreram nesta segunda-feira (18) em um ataque com foguetes contra a cidade turca de Kilis, informou o governo local em um comunicado. De acordo com o governo, o bombardeio foi lançado a partir do lado sírio.
Outras seis pessoas, cinco sírios e um turco, foram feridas quando uma salva de foguetes caiu sobre a cidade, que nas últimas semanas sofreu vários ataques, disse o governo.

Segundo a agência de notícias Dogan, os projéteis foram lançados a partir de uma zona síria controlada pelo grupo Estado Islâmico (EI) e caíram perto de um hospital, uma escola e no telhado de um edifício.
Em represália por este ataque, a artilharia turca mobilizada na zona bombardeou as posições do EI no norte da Síria.

Desde o início do ano, em Kilis, que acolhe atualmente mais refugiados sírios que residentes, vários civis morreram em ataques com foguetes.
Duas pessoas faleceram na semana passada e seis ficaram feridas em um ataque com foguetes, que levou centenas de habitantes a protestarem pedindo mais segurança.

O chefe da inteligência turca, Hakan Fidan, realizou uma visita a Kilis na semana passada, enquanto o primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, se comprometeu a proteger a localidade.
.

Fonte: G1