Trecho do vídeo que mostra incidente entre Corey Lewandowski e a jornalista (Foto: Reprodução/MSNBC)
O gerente de campanha do pré-candidato republicano à Presidência dos Estados UnidosDonald Trump não será acusado na Flórida por um caso de agressão leve envolvendo uma repórter, informou o escritório do procurador público do condado de Palm Beach em documentos do tribunal nesta quinta-feira (14).
Corey Lewandowski, de 42 anos, foi detido em 29 de março pela polícia em Jupiter por agarrar e machucar intencionalmente o braço de Michelle Fields, repórter de um veículo de imprensa conservador. O incidente ocorreu quando Michelle tentou questionar Trump durante evento de campanha em 8 de março.

Assista ao vídeo abaixo:
“As evidências não podem provar todos os elementos legais necessários do suposto crime e são insuficientes para apoiar uma acusação criminal”, informou o documento do tribunal feito pelo escritório do procurador Dave Aronberg, um democrata.
A polícia divulgou um vídeo do incidente mostrando Michelle andando ao lado de Trump e tentando questioná-lo.

Lewandowski é visto agarrando-a e puxando-a para o lado.
Donald Trump defendeu Lewandowski diversas vezes.

Corey Lewandowski (esq.) ao lado do candidato republicano Donald em foto de 15 de março (Foto: Joe Skipper/Reuters)
.

Fonte: G1