Grupos a favor e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff protestaram na manhã desta sexta-feira (22) na sede da ONU, em Nova York. A presidente discursou na cerimônia em que os países assinam acordo sobre mudanças climáticas fechado em dezembro do ano passado em Paris, durante a COP 21.
Dilma disse que o país tem uma “pujante democracia” e que povo “saberá impedir retrocessos”.

Ela não falou em golpe, como vinha sendo esperado, e assumiu o compromisso de assegurar a entrada em vigor do acordo climático.
Segundo os organizadores, cerca de cem pessoas contra o impeachment levaram cartazes contra o “golpe” e flores à sede da ONU.

Outras faixas pediram mais democracia e “fora Cunha”, em referência ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), réu em processo de corrupção.
Já os manifestantes a favor do impeachment levaram faixas citando “tentativas de obstrução” à Operação Lava Jato e “proteção” ao ex-presidente Lula.

Manifestantes pró-impeachment na sede da ONU em NY (Foto: Reprodução/Twitter)Manifestantes contrários ao impeachment de Dilma protestam em NY (Foto: Lívia Sá/Arquivo pessoal)Manifestantes protestam pela democracia em Nova York (Foto: Lívia Sá/Arquivo pessoal)
.

Fonte: G1