Jowan Ibrahim (ao centro), comandante da polícia curda, chega ao local em que um homem-bomba promoveu atendado que deixou seis mortos neste sábado (30) em Qamishli, na Síria (Foto: Delil Souleiman/AFP )
Um homem-bomba matou neste sábado (30) pelo menos seis membros das forças de segurança curdas que operam na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.
A explosão, que teve como alvo um posto de controle, feriu outras cinco pessoas, informou o Observatório, que tem sede na Grã-Bretanha.
A poderosa milícia curda YPG controla grandes áreas do nordeste da Síria, incluindo a província de Hasaka.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. O Estado Islâmico, contra quem o YPG luta, tem realizado diversos ataques contra forças curdas na região.

.

Fonte: G1