Phil Sayer, o ex-locutor radiofônico cuja voz pode ser ouvida no metrô de Londres avisando sobre a existência de um vão entre o trem e a plataforma da estação, a famosa frase “Mind the gap”, morreu de câncer aos 62 anos, informou nesta sexta-feira (15) sua esposa.Voz de Phil Sayer alertava sobre existência de vão entre trem e plataforma da estação (Foto: Stefan Rousseau/Reuters)
Em mensagem na página do casal no Facebook, Elinor Hamilton comunicou que seu marido, que foi locutor da emissora pública “BBC” no norte da Inglaterra nos anos 1980, antes que o casal criasse sua própria empresa de locução e dublagem, tinha morrido na quinta-feira.
A voz de Sayer pode ser ouvida nos serviços automatizados do metrô e das ferrovias britânicas, alertando os usuários para que “tenham cuidado com o vão” (Mind the gap), uma frase que se transformou em referência no transporte público do Reino Unido.

“Phil Sayer: a voz da razão, da rádio e das ferrovias. Um amado marido, pai, avô, irmão, tio e amigo.

Lamentamos informar que o serviço termina aqui”, escreveu Elinor Hamilton ao anunciar a morte de seu marido.Phil Sayer morreu de câncer aos 62 anos (Foto: Reprodução/Facebook/SayerHamilton)
.

Fonte: G1