Esta lista tem atualizações até o fim do dia. Acompanhe.O ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira, preso preventivamente nesta sexta-feira na 27ª fase da Lava Jato (Foto: Paulo Lisboa/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)
A 27ª fase da Lava Jato prendeu o ex-secretário do PT Silvio Pereira e o empresário Ronan Maria Pinto, dono do jornal “Diário do Grande ABC” e de empresas de transporte e coleta de lixo de Santo André.

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares foi obrigado a depor.Silvio Pereira recebeu R$ 1,1 milhão de empreiteiras e intermediários de propina investigados e Ronan Pinto, R$ 6 milhões de um empréstimo fraudulento do pecuarista José Carlos Bumlai, segundo investigadores.

Ronan Filho foi condenado em novembro a mais de 10 anos de prisão por participar de um esquema de cobrança de propina na prefeitura de Santo André, na gestão Celso Daniel (PT) – morto em 2002. A morte de Celso Daniel pode ter elo com esquema na prefeitura, segundo Moro.

O ex-governador do Ceará e ex-ministro da Educação Cid Gomes (PDT) protocolou na Câmara pedido de impeachment do vice-presidente, Michel Temer.
Já um advogado de MG entrou com ação no STF para obrigar a Câmara a analisar um outro pedido de impeachment de Temer.

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) arquivou pedido dele em janeiro por entender que não havia indício de crime de responsabilidade do ex-presidente.
A presidente Dilma exonerou indicados do PMDB – entre eles o vice-presidente da Caixa Roberto Derziê de Santanna, ligado a Temer.

Derziê foi secretário-executivo do vice-presidente na Secretaria de Relações Institucionais em 2015.
Veja os argumentos pró e contra Dilma na comissão de impeachment da presidente.

Citado no caso da merenda em SP, o secretário estadual de Logística e Transportes, Duarte Nogueira (PSDB), deixou o governo Geraldo Alckmin e voltou para a Câmara.
No mesmo dia, a Corregedoria-Geral de SP arquivou investigação contra ele, por suspeita de envolvimento no esquema de fraude em licitações da merenda escolar no estado.

E uma prova importante para confirmar o envolvimento de servidores públicos no esquema da merenda sumiu da Secretaria da Educação, segundo o corregedor-geral, Ivan Agostinho.(Foto: Pâmela Fernandes/G1)
A conta de luz ficou um pouco mais barata a partir de hoje, mas o governo federal autorizou um aumento de até 12,5% no preço dos remédios.

Foi a 1ª vez em mais de 10 anos que o reajuste aprovado ficou acima da inflação.
Já o preço da energia caiu devido às chuvas, que aumentaram as reservas de água das usinas hidrelétricas – e possibilitaram o desligamento das termelétricas, que produzem energia mais cara.

A balança comercial brasileira teve o melhor resultado para março em 28 anos, com superávit de US$ 4,43 bilhões. As importações despencaram 30%, mais que a queda de 5,8% nas exportações, com o dólar caro e a economia desaquecida.

Já a produção da indústria recuou 2,5% em fevereiro – e acumula queda de 11,8% em 2016 -, enquanto a venda de veículos caiu 23,6% em março – e acumula baixa de 28,6% no primeiro trimestre.
O Rio de Janeiro teve mais de 125 km de congestionamentos e ficou mais de 6h em estágio de atenção devido a um protesto de taxistas contra o Uber, aplicativo de transporte particular.

Os protestos – carreatas lentas e interdição de vias – começaram por volta das 3h e se estenderam até o início da tarde. A Guarda Municipal aplicou 180 multas aos taxistas.

Quer saber mais? Veja as principais notícias do G1 nesta sexta (1º).
.

Fonte: G1