A ofensiva dos jihadistas da Al-Qaeda no norte, no centro e na região costeira da Síria coloca em perigo a trégua em vigor dois antes da retomada das negociações de paz em Genebra, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).
Por sua vez, o grupo Estado Islâmico recuperou o controle de Al Rai, um importante posto fronteiriço com a Turquia, do qual havia sido expulso pelos rebeldes.
Nem a Frente al Nosra, a facção síria da Al-Qaeda, nem o EI participam da trégua e vigor desde 27 de fevereiro por iniciativa dos Estados Unidos e da Rússia.

Esta onda de violência acontece dois dias antes de uma nova rodada de negociações indiretas de paz entre o regime e a oposição síria em Genebra.
.

Fonte: G1