Primeiro-ministro da Irlanda, Enda Kenny, em imagem de arquivo (Foto: Andreas Solaro/ AFP)
O primeiro-ministro irlandês, Enda Kenny, do partido de centro-direita Fine Gael, recebeu nesta sexta-feira (29) o apoio da principal coalizão opositora, Fianna Fail, para formar um governo.
“Fine Gael e Fianna Fail chegaram a um acordo político para permitir que Fine Gael forme um governo”, informou em um comunicado Fianna Fail, também de centro-direita.
O anúncio chega dois meses depois das legislativas de 26 de fevereiro, na qual nenhum dos partidos atraiu votos suficientes para obter uma maioria clara e formar um governo próprio.

Na ocasião, Fine Gael conseguiu 50 cadeiras, e Fianna Fail, 44, das 158 da Câmara baixa. Já o partido antiausteridade Sinn Fein elegeu 23 deputados.

“Os líderes dos partidos estão agora se informando, será necessário fazer um planejamento extensivo e, em seguida, ambos Fianna Fail e Fine Gael realizarão reuniões parlamentares separadas para delinear os detalhes do acordo de confiança e provisão”, disse o comunicado.
Embora os dois partidos sejam considerados de centro-direita, sua relação foi prejudicada por desconfianças e inimizades históricas que remontam à guerra civil irlandesa de 1920.

Um acordo entre Fine Gael e Fianna Fail no início desta semana para suspender controversas tarifas de água colocou a Irlanda mais perto de formar um governo de minoria, após mais de dois meses de negociações tortuosas.
Juntos, os dois partidos de centro-direita teriam cadeiras mais que suficientes para formar um governo estável, mas Fianna Fail descartou uma coalizão formal.

Em vez disso, ofereceu apoio ao Fine Gael se ambos conseguissem chegar a acordos em questões políticas importantes.
.

Fonte: G1