Combinação de fotos mostra os candidatos peruanos à presidência Keiko Fujimori e Pedro Pablo Kuczynski (Foto: Mariana Bazo/Reuters e Arquivo/Reuters)
Keiko Fujimori tem uma leve vantagem de 2,8 pontos percentuais contra Pedro Pablo Kuczynski para o segundo turno das eleições presidenciais do Peru, com 51,4% dos votos válidos, segundo uma pesquisa divulgada neste domingo (8).
A pesquisa foi realizada pela agência Ipsos e publicada no jornal “El Comercio”. Considerando os votos brancos e nulos, Fujimori alcançaria 43,4% dos votos, contra 41% de Kuczynski.

15,6% dos entrevistados optaram por votar em branco ou nulo.
Esta pesquisa reverteu os resultados da pesquisa anterior da Ipsos, publicada em 24 de abril, que dava a Kuczynski 43% das intenções de voto e a Fujimori 39%.

Kuczynski tem mais votos nas áreas urbanas, onde 40% dos eleitores manifestaram sua intenção de votar nele, contra 38% em Fujimori.
A situação é oposta nas áreas rurais, onde Fujimori obteve 40% e Kuczynski 35%.

A mesma pesquisa também revelou que Kuczynski tem mais preferências entre os setores econômicos altos e médios do Peru, enquanto Fujimori o supera entre os segmentos mais pobres da população.
O nível de rejeição dos candidatos é de 43% para Fujimori e de 39% para Kuczynski.

A pesquisa foi realizada entre 4 e 6 de maio com 1.755 pessoas adultas, e a margem de erro é de 2,3%.

Fujimori e Kuczynski disputam o segundo turno das eleições presidenciais, marcada para domingo, 5 de junho, após conquistarem no primeiro turno, em 10 de abril, 39,86% e 21,05% dos votos, respectivamente.
.

Fonte: G1