A polícia colombiana capturou Gerson Aldair Gálvez Calle, o Caracol, um dos principais chefes do crime organizado no Peru, informou neste domingo (1) o ministro da Defesa do país, Luis Carlos Villegas.
A captura de Gálvez Calle aconteceu no sábado, em um restaurante na cidade de Medellín, Colômbia, a 220 quilômetros a noroeste de Bogotá.
Caracol é apontado pela polícia peruana e pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e Crime (UNODC) como o novo “Chapo Guzmán da América Latina”, afirmou Villegas.

O preso estava na lista vermelha da Interpol por crimes como homicídio, associação a grupos armados e tráfico de drogas.
As autoridades colombianas entregarão Gálvez Calle a polícia peruana, que ofereceu uma recompensa de 150 mil dólares por informações que permitissem sua localização e captura.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, felicitou a polícia pela captura do peruano, e quem qualificou como “um dos chefes mais temidos de toda a região”.
Colômbia e Peru mantém convênios de cooperação na luta contra o narcotráfico, terrorismo e outros delitos, o que já permitiu grandes ações contra o crime organizado.

.

Fonte: G1