Polícia faz barreira durante violento protesto em evento de campanha de Donald Trump em Costa Mesa, nos Estados Unidos, na noite de quinta-feira (28) (Foto: Mike Blake/ Reuters)
Protestos em um comício na Califórnia de Donald Trump, o favorito para a indicação republicana na corrida pela Casa Branca, terminaram na quinta-feira (28) em distúrbios e 20 pessoas foram detidas.
Centenas de manifestantes enfrentaram a polícia no exterior do anfiteatro da cidade de Costa Mesa, no condado de Orange (ao sul de Los Angeles), durante um ato da campanha de Trump, informou o jornal Los Angeles Times.
Os manifestantes lançaram pedras contra os veículos que passavam e atacaram carros, destruindo ao menos a janela de um carro da polícia e esvaziando os pneus de outros veículos policiais, segundo o mesmo jornal.

Por volta das 23h (3h de Brasília desta sexta-feira), a polícia do condado de Orange disse no Twitter que os protestos terminaram. “Vinte pessoas foram presas pela polícia do condado de Orange.

Não houve feridos graves. A multidão foi dispersada às 23h00″, acrescentou.

A rede local de informação ABC7 divulgava as imagens de um carro rodeando perigosamente vários pedestres, embora não tenha sido registrado nenhum acidente.
Segundo o LA Times, os manifestantes, alguns dos quais carregavam bandeiras dos Estados Unidos e do México, bloquearam o tráfego.

Um grupo inclusive utilizou bancos para fechar o acesso a uma estrada.
Depois do comício, Trump agradeceu aos cidadãos do condado de Orange que acolheram o ato.

“Obrigado, Costa Mesa, Califórnia! Havia 31 mil pessoas nesta noite, e milhares ficaram de fora. Voltarei!”, tuitou Trump.

.

Fonte: G1