Equipe de resgate trabalha nesta sexta-feira (6) nos escombros do prédio que desabou na semana passada em Nairóibi, no Quênia (Foto: AP Photo/Ben Curtis)
As autoridades quenianas disseram neste domingo (8) que o número de mortos no desabamento de um edifício residencial na capital Nairóbi há mais de uma semana tinha subido para 49 após, após mais corpos terem sido retirados dos escombros.
O edifício de seis andares em Huruma, bairro pobre da cidade, foi construído perto de um rio e tinha sido condenado pelas autoridades, mas não está claro por que permaneceu ocupado.
Ele desabou em uma forte chuva na noite de 29 de abril.

“Mais sete corpos foram retirados no fim de semana do edifício que desabou, elevando o número de mortos para 49”, disse Japheth Koome, comandante da polícia de Nairóbi, à Reuters.
Ele disse que o número dos resgatados está agora em torno de 140 e que uma operação de resgate continuou no local.

O desastre foi o último do tipo em uma cidade em rápida expansão, onde a aplicação de códigos de construção é frouxa e as violações são raramente punidas.
Vários outros edifícios em Nairóbi entraram em colapso nos últimos anos, embora com menos mortes.

.

Fonte: G1