O número de mortos pela queda de um guindaste em uma área em construção na cidade de Dongguan, no sul da China, subiu nesta quinta-feira (14) para 18, além de 33 feridos, informou a emissora de televisão oficial “CCTV”.Guindaste de 80 toneladas caiu sobre barracões onde dormiam operários (Foto: Liang Xu/Xinhua/AP)
O acidente ocorreu quarta-feura quando o guindaste de 80 toneladas caiu sobre os barracões onde dormiam os operários por causa dos fortes ventos que sopravam na região durante uma tempestade.
As autoridades locais disseram na quarta-feira que 12 pessoas tinham morrido no acidente, que outras duas ainda estavam presas sob os escombros e que 14 tinham ficado feridas, mas nesta quinta elevaram o número de mortos para 18 e de feridos para 33, dos quais 18 estão hospitalizados.

Segundo a “CCTV”, 139 pessoas estavam hospedadas nos alojamentos feitos de contêineres de navio empilhados em vários andares.
Aproximadamente 250 bombeiros foram enviados ao local do acidente para os trabalhos de resgate, para remover os escombros e limpar a área.

O alojamento pertencia a uma filial da construtora estatal Companhia de Construção de Comunicações da China (CCCC), que, segundo a emissora de televisão oficial chinesa, destinará mais US$ 3 milhões para compensar às vítimas e limpar a região.
A província de Cantão, onde fica Dongguan, foi castigada nos últimos três dias por fortes tempestades que causaram inundações e intensas rajadas de vento nessa região do sul da China.

.

Fonte: G1