O terremoto de magnitude 7,3 que sacudiu o sudoeste do Japão na madrugada deste sábado (15) deixou pelo menos 25 mortos e mil feridos.

O tremor causou em Aso o desmoronamento de mais de 50 casas onde ficaram presos alguns de seus moradores, disse o porta-voz do governo, Yoshihide Suga, após uma reunião de emergência.

A agência “Kyodo” afirmou que 11 pessoas estão presas em vários lugares como consequência dos deslizamentos de terra.

Mais de 27 mil pessoas foram retiradas de suas casas e os cortes de energia elétrica e gás afetaram cerca de 180 mil lares em toda a cidade de Kumamoto, onde também foram cancelados os voos e viagens de trens bala.