Fumaça sobe após explosão em complexo petroquímico da companhia estatal Petroleos Mexicanos (Pemex) no porto de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz; foto foi tirada no dia 20 (Foto: Angel Hernandez/Reuters)
O número de trabalhadores mortos por causa da explosão registrada em um complexo petroquímico no estado mexicano de Veracruz, no dia 20 de abril, subiu para 32, após a descoberta de quatro corpos, informou neste domingo (24) a Petróleos Mexicanos (Pemex)
“No dia de hoje foram encontrados quatro corpos. (..

.) Deste modo, o número de pessoas mortas no acidente é de 32″, detalhou um boletim assinado junto com a companhia Mexichem, operadora da fábrica Petroquímica Mexicana de Vinil em sociedade com a Pemex.

“No momento, foram reconhecidos e entregues 26 corpos a seus familiares”, acrescentou o boletim.
Dos 32 mortos ainda se têm seis corpos de pessoas sem identificar, assim como seis famílias procurando seis pessoas, afirmou a empresa.

.

Fonte: G1