Em uma parceria entre o 48º Batalhão de Polícia Militar com a Prefeitura de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi lançado nesta quarta-feira (24) um sistema de rastreamento de celulares. O objetivo é ajudar na localização de aparelhos roubados ou furtados por meio da verificação do Imei (International Mobile Equipment Identity), sigla em inglês para o número de identificação contido em cada aparelho. Além disso, a campanha divulga medidas de auto proteção contra furtos e roubos de telefones móveis.

O projeto piloto, no entanto, só atende os municípios de Ibirité, Sarzedo, Mário Campos e Brumadinho. Mas a previsão é de que, ainda no mês que vem, outros batalhões possam usá-lo. A intenção é usar as informações dos usuários em operações com apreensões dos aparelhos móveis de telefonia, para tentar devolver os equipamentos aos seus donos.

Para facilitar o trabalho dos policiais e ajudar os cidadãos, o site “Celular Seguro” permite que as pessoas cadastrem o Imei de seu aparelho e informe a PM em caso de roubo ou furto.  Com apenas um clique, o sistema sinaliza e localiza o telefone. De acordo com a Polícia, é possível rastrear aqueles aparelhos que utilizam os sistemas Android, iOS (iPhone) ou Windows Phone.

Para se cadastrar, o dono do celular deve ter o número do Imei, que é a identificação do aparelho. Para ter acesso a este número, basta digitar o código *#06#.

O número do Imei deve ser cadastrado no site do Celular Seguro. O morador de Ibirité, Sarzedo, Mário Campos e Brumadinho pode, ainda preencher uma ficha e entregar para qualquer policial do 48º Batalhão de Ibirité ou nos quartéis da cidade.

Segundo o tenente-coronel Hércules de Paula, cerca de seis mil celulares já foram cadastrados. Pela manhã desta quarta-feira (24), a PM realizou uma operação em 20 lojas que vendem aparelhos de celulares e conseguiu resgatar um aparelho que havia sido furtado em 2014. O equipamento foi entregue ao dono.

“A intenção é em cerca de 30 dias expandir as operações e a campanha em todo o estado. A Polícia Militar também pensa em utilizar esse mesmo sistema interligando todos os estados do país”, explicou Hércules de Paula.

Em caso de dúvidas, dicas ou para mais informações, sobre o programa, é possível entrar em contato pelo e-mail: celularseguro@pmmg.mg.gov.br ou telefone: (31) 3045-9660.

image_diagrama
Um levantamento da própria Polícia mostra os números de roubos e furtos de celulares em Minas e no Brasil

Outras opções de rastreamento de seu celular

Android

O próprio Google tem disponível um recurso de rastreamento de dispositivos Android sem a necessidade de instalar aplicativos ou fazer qualquer tipo de configuração. A opção é ótima desde para quem não sabe onde guardou o aparelho em casa, até para vítimas de roubos e furtos.

Para utilizar o recurso, basta acessar o site do Android Device Manager. Uma mensagem irá aparecer na tela: basta selecionar a opção “Aceitar”, para começar o uso do serviço de localização. Assim, automaticamente, seu dispositivo será identificado – mas, para isso, ele precisa estar com o GPS e a internet ativados.

Em caso de perda em locais seguros, é possível encontrar o smartphone em alguns segundos, apenas clicando em “Tocar” e, em seguida, selecionando “Chamar”, para confirmar. Assim, o celular começa a tocar por cinco minutos, até que você cancele, tocando na tela.

iPhone

O iPhone também pode ser localizado facilmente em caso de perdas ou roubos. Para que o usuário saiba o ponto exato em que o smartphone se encontra ou foi visto pela última vez, basta habilitar o “modo perdido”, que exibe uma mensagem com o contato do dono na tela de bloqueio do aparelho. Basta seguir os passos:

1. Acesse o site do iCloud, faça login em sua conta e, em seguida, clique em “Buscar Meu iPhone”; caso o iPhone esteja conectado à Internet, a localização exata do aparelho será exibida no mapa.

2. Nas opções à direita, você pode reproduzir um som no aparelho, habilitar o modo perdido ou apagar o iPhone;

3. Para ativar o “Modo perdido”, você deve digitar o número de um contato válido e clicar em “Seguinte”. Digite a mensagem que será exibida na tela do iPhone e clique em “OK”. Assim, estes dados serão exibidos na tela de bloqueio e quem encontrou o aparelho poderá entrar em contato com o dono.

Windows Phone

Celulares com a tecnologia Windows Phone, também conta com um serviço de localização. Para usá-lo, basta acessar a página de dispositivos da Microsoft (https://account.microsoft.com/devices) e logar em sua conta. Na coluna direita, ao lado do nome e modelo do seu aparelho, clique em “Encontrar meu telefone” e o sistema exibirá no mapa o endereço em que o aparelho foi visto pela última vez. Outras opções também estão disponíveis: a primeira, “Discar”, ativa a emissão de um som no aparelho, mesmo que este esteja em modo silencioso; a segunda, “Bloquear”, bloqueia o smartphone com um código; e, a terceira e útima, “Apagar”, deleta todos os dados pessoais do aparelho.

*Colaborou Mariana Durães

Confira algumas dicas de segurança:

image_dicas_seguranca
Reprodução/Polícia Militar