Tamanduá foi resgatado depois de mais de uma hora e meia de tentativas da polícia(Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)
A Polícia Militar de Meio Ambiente resgatou, no início da tarde desta quinta-feira (24), um tamanduá-bandeira em Uberlândia. O animal é um dos símbolos do cerrado e está ameaçado de extinção. Ele estava em uma árvore de seis metros de altura no quintal de uma residência no Bairro Morada do Sol, zona oeste da cidade.

 
De acordo com o sargento Eduardo Venâncio, a guarnição teve dificuldades de conter o animal e foi necessário improvisar uma rede de proteção para fazer a captura. Foram mais de 1h30 até que os policiais resgataram o tamanduá.

 
O sargento disse ainda que o animal foi levado para o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Animais Silvestres da Universidade Federal de Uberlândia, onde vai permanecer para avaliação, exames e possíveis tratamentos. Logo que tiver condições, ele será solto em seu habitat natural.

 
Venâncio acrescentou que a população deve ficar atenta às migrações dos animais silvestres para o meio urbano e, caso necessário, entrar em contato com a Polícia de Meio Ambiente para que possa ser feita a correta contenção e captura do animal. 
.

Fonte: G1