O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta a 0,05% na segunda prévia de agosto, após subir 0,24% na primeira leitura do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quarta-feira (17).Alta de preços de alimentos em SP perde força.  (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre)
A alta de preços de alimentos perde força, passando de 0,42% na primeira prévia do mês para 0,17%, na segunda.

Também desaceleraram o avanço de preços relativos à habitação (de 0,01% para -0,37%); transportes (de -0,03% para -0,08%); despesas diversas (de 0,43% para 0,41%); saúde (de 1,96% para 1,81%) e educação (de 0,82% para 0,54%).
Já a queda de preços do vestuário ficou menor de uma semana para a outra, recuando de -0,91% para -0,67%.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.
.

Fonte: G1