O ex-presidente do Brasil e agora senador Fernando Collor de Melo (PTC), que ganhou repercussão por ter sido alvo de um impeachment, levou nesta terça-feira (26) para o vice-presidente Michel Temer uma série de propostas para ajudar o vice a tirar o país da crise.

Por não gostar de entrevistas, Collor falou de maneira bem rápida com os jornalistas após deixar a sala de Temer onde tiveram uma reunião. Na conversa com a imprensa, o ex-presidente não detalhou o que tinha nas propostas elaboradas, segundo ele, por um grupo de senadores.

“O encontro foi solicitado por senadores onde dez fazem parte de um bloco. Solicitamos esse encontro com ele para apresentar um programa fruto de vários estudos realizados por nós. É uma série de observações que são importantes para que possa tirar o país da crise”, declarou ele.

Questionado sobre se acha “justo” o processo de impeachment ao qual responde a presidente Dilma Rousseff, Collor disse que isso é “outra crônica”, porque o assunto que ele tratou nesta terça com Temer foi “objetivo”.

Fernando Collor (Crédito: Reprodução)