O Conselho Curador do FGTS aprovou um total de R$ 2,5 bilhões em novos recursos para o Banco do Brasil oferecer crédito imobiliário pelo programa pró-Cotista. Essa linha de crédito oferece uma taxa de juros mais baixa que a praticada pelo mercado para quem tem conta ativa no FGTS.
O custo do financiamento é de 9% ao ano, que está entre as menores taxas do mercado para o financiamento de imóveis novos ou usados de até R$ 750 mil.

Além disso, possui prazo de até 360 meses.Para ter acesso a essa linha, os interessados precisam ter, além da conta no Fundo, um mínimo de 36 contribuições de seus salários.

Se a conta estiver inativa, ela deve ter um saldo superior ou igual a 10% do valor do imóvel.
.

Fonte: G1